MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Do berço pra cama

Estava relutando para adiar o máximo que pudesse esse dia, mas infelizmente não deu mais. Chegou a hora de trocar o berço para a cama e enfrentar mais essa adaptação.
No dia 12 de janeiro de 2012, o quarteto dormiu, pela primeira vez, nas caminhas e conheceu o quarto novo.
A decisão veio depois da conturbada noite anterior, com muitos pulos do berço, grande tombo da Sophia de testa no chão garantindo um galo gigante e, por fim, as grades quebradas do berço do João Pedro, de tanto chutar.
Percebendo que o berço já não tinha mais tanta utilidade, tive que dar o braço a torcer e apostar nas caminhas.
Como já tinha pensado nisso na época da gravidez, para economizar, já compramos um berço que virava cama, então isso facilitou bastante.
Depois de levá-los para a escola, eu e a Kátia começamos a desmontar e a arrumar o novo quartinho.
Ficou lindo, tenho que concordar, muito mais fofo do que com os berços.
Estava ansiosa para mostrar para eles.
Quando chegaram da escola, ficaram super animados com a novidade. Já do corredor saíram correndo perguntando – quem abaixou o berço, cadê o berço?
Foi uma bagunça!! Eles pulavam de cama em cama, entravam embaixo, gritavam, não entendiam. Ficaram mais agitados que o normal.
Passada a euforia de apresentação, tirei eles do quarto e tentei seguir a rotina normal, para ver se eles se acalmavam um pouco até a hora de dormir.
No começo até que foi tudo bem, com uma demora até eles dormirem, um pula pra cá e pra lá, mas nada fora de controle, até mesmo menos que o berço.
A noite foi tranqüila, mas eles ainda precisam aprender o limite de espaço. A Beatriz caiu da cama algumas vezes, foi rolando (acho que procurando a saída) e ficou dormindo embaixo da cama da Sophia, que estava no canto da parede. O João Pedro foi dormir na cama da Sophia, a Laura na do João Pedro, mas no balanço geral, foi tudo bem.
Vejam que graça que ficou o quarto antes deles chegarem... e a bagunça assim que a gangue entrou!

AINDA ARRUMADINHO

A INVASÃO

PRA LÁ E PRA CÁ! (DETALHE PARA A SOPHIA FINGINDO ESTAR DORMINDO)

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

10, 9, 8, 7...3, 2, 1 – FELIZ ANO NOVO!!!!!!!!!!!!!!!!

Esse ano tivemos uma virada diferente e muito especial.
Depois da correria de mudança, natal, festas e visitas, a casa ficou calma e quieta para a entrada do ano. Todos foram embora e ficamos “só” nós 6 – eu, o Je e as crianças.
Passamos o último dia do ano super bem, passeamos com eles, brincamos bastante, colocamos para dormir.
Foi engraçado explicar para eles que quando acordassem seria um ano novo. O João Pedro insistia em dizer Feliz Xixi Novo e a Sophia repetia 2012, sem entender nada, claro!
Por muita sorte, eles foram bonzinhos e capotaram rapidamente, assim tivemos tempo para preparar o nosso réveillon.
Fizemos os aperitivos, uma ceia gostosa e passamos muito tranqüilos, nós dois, em casa, curtindo o novo ano, a casa nova e a vida nova.
Ganhamos um monte de queima de fogos quase particulares, pois dava para ver de tooodas as casas da redondeza e rezamos para elas acabarem bem rápido também, já que a Laura e o João Pedro não estavam gostando nenhum pouco do barulho e começaram a chorar.
Tudo calmo de novo, crianças dormindo, papai e mamãe curtiram mais um pouco a noite e correram para a cama, pois ano novo ou não, o quarteto levanta cedo e a gente tinha que estar no pique.
Com muito otimismo e energia positiva, espero que 2012 seja multiplamente maravilhoso para todos nós! Que todos tenham muita paz, saúde, determinação, força de vontade e motivos para comemorar as grandes conquistas.
Vamos que vamos!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

AS SUPER E QUERIDAS VISITAS!

Depois da comilança e bagunça do natal, a família foi embora e deu lugar para os amigos queridos que vieram conhecer a casa nova, fofocar um pouco e matar a saudade.
Primeiro quem chegou foi a Ná e o Tito (o filho dela de 2 anos e 10 meses). As crianças estavam ansiosas com a chegada deles. Tudo era o Tito, o Tito e a dinda. – explicando: aqui tem isso, quando chega a dinda de um, todos chamam ela de dinda.
Ficaram só 3 dias, mas foi uma delícia!
Aquela bagunça de criança que briga e se ama em questão de segundos, eles super animados atrás do Tito o tempo todo, eu e a Ná colocando todo o papo em dia, enfim, dias para relaxar e curtir mesmo.
No dia que eles foram embora, chegou a segunda leva de visitas queridas – A Tia Fabi (ou Fabi da Laura) e o Titio (o Bruno, noivo dela). – mais uma vez a dinda e o dindo de todos! Rsrsrs
O bom é que eles dividem bem tudo, até os dindos.
É muito interessante o crescimento das crianças, como eles já entendem bem as pessoas, se apegam, tem preferências e jeitinhos diferentes com cada um.
Passeamos com as crianças, fomos em Águas da Prata das comida para os macacos, almoçamos em Poços de Caldas, conseguimos sair um pouco a noite só os casais, foi demais.
De novo, pena que foram poucos dias e passou muito rápido.
Casa vazia, eu o Je e as crianças curtindo a casa nova e nos preparando para o réveillon, que fica para o próximo post!

ps. Ainda não encontrei o carregador da máquina e o leitor de cartão, por isso não estou postando fotos. Assim que tiver atualizo um super álbum.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

MUDANÇAS , MUITAS MUDANÇAS

Assim como todo mundo, esse final de ano foi bem corrido para mim, por isso, mais uma vez, abandonei o blog.
Além da tradicional correria de natal, festas e afins, ainda tive que correr com uma grande mudança da família.
Depois de pensar muito, fazer planilhas e avaliar as condições, decidimos nos mudar para o interior de São Paulo, pois além de mais barato e fácil com as crianças, teremos muito mais qualidade de vida.
Comecei a correr atrás de casa, visitei 17 imóveis até encontrar um certo que coubesse toda a turma.
Esperamos as aulas de SP acabarem para eles participarem de todo o encerramento e se despedirem das tias e amiguinhos (fofos!) e comecei a encaixotar tudo.
No dia 15 viemos de mala, cuia e caminhão!!!
Aquela zona generalizada.
Os 4 super agitados com a adaptação, toda novidade, casa nova, cidade nova, funcionária nova e... férias das crianças. LOUCURA TOTAL!!!
Ainda bem que a Kátia, minha babá que está comigo há quase 2 anos, veio com a gente até eles se acostumarem bem.
Minha mãe ficou na primeira semana ajudando a colocar tudo em ordem, pois em breve viria o natal, e todo mundo iria passar na casa nova. Afff
O Je veio no dia da mudança, mas teve que voltar para trabalhar e só retornou no dia 22. (sortudo, né?) Já disse que na próxima encarnação serei homem, sem dúvida.
Conseguimos arrumar tudo super gostoso e confortável, mas o quarteto continuou mega agitado, pois na casa nova, estão dormindo os 4 no mesmo quarto.
A hora de dormir é uma bagunça! Um pula para o berço do outro, desce da cama, abre a porta, vai no banheiro e coloca a mão na privada, demora um tempão até capotarem, mas eles estão muito felizes.
Enfim chegou o Natal, que foi uma delícia!!! Veio a vovó, a tia Bi, a Bisa, a tia Daura, o tio Zé e a tia Sandra e o papai, claro.
As crianças encantadas com a árvore de natal, com os presentes, o papai Noel, tudo o que estava relacionado com a festa.
Ficaram a noite com a gente até mais tarde, abriram todos os brinquedos, gritaram de emoção quando viram o Patati e o Patatá e participaram bastante da festa. Esse foi o primeiro natal que eles puderam curtir.
Como vale a pena ver a alegria no rostinho de cada um, a pureza e a ingenuidade com tudo.
Mais uma data que se modifica e ganha novo sentido ao lado de filhos.