MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

quinta-feira, 22 de março de 2012

“Confete, pedacinho colorido de saudade, ai ai amor...”

Finalmente o carnaval!!
Sempre fui carnavalesca de carteirinha, daquelas que pulavam todos os dias, desde sexta a noite até a manhã de quarta-feira de cinzas, depois que curtia a loucura de Salvador, os carnavais de marchinha, todos os tipos de festas que tinham.
De uns anos pra cá, isso mudou um pouco, claro, mas a paixão pela festa não, por isso, estava ansiosa pelo primeiro baile da turminha.
Uma semana antes comecei com a correria das fantasias, acessórios, confetes e serpentinas. Esse ano decidi vesti-los todos iguais, de hawaianos.
Não preciso dizer que ficaram MA-RA-VI-LHO-SOS!!!
As meninas estavam umas coisinhas com aquelas saias longas e a barriga de fora, e o João Pedro parecia um homenzinho com a camisa e o colar hawaiano e um óculos escuro, que ele se apaixonou e não soltou o dia inteiro.
Eles adoraram a festa. No começo se assustaram um pouco com a altura do som da banda, mas aos poucos foram se acostumando e se soltando, até demais.
Como estávamos sem babá e sem ajuda, fomos apenas eu e o Je com os 4, praticamente um ato de insanidade absoluto.
Cada um queria correr para um lado, todos querendo as guloseimas que as crianças estavam comendo, jogando confete e serpentina em todo mundo. Eu corria para pegar dois de um lado, o Je do outro, aí um escapava, era cômico, que não fosse quase trágico. Rsrsrsr
Fui inscrevê-los no concurso de fantasia, mas não conseguimos esperar até a hora do desfile, que aliás, achei muito tarde para uma matiné, depois das 18h00.
Depois de muito squindô-squindô, finalmente recolhemos a turma – feliz da vida! – e voltamos para casa. Eles estavam pregados, pois antes do baile havíamos ido almoçar em um restaurante que eles adoram, que tem pula-pula, piscina de bolinha, escorregador...
Não deu tempo nem de acomodar os 4 nas cadeirinhas, que já estavam dormindo.
De volta pra casa, uma relaxada rápida, jantar, mamadeira, banho e... cama! Com sorriso no rosto, cansadíssima, mas realizada por ter curtido a primeira matinê com os filhotes.