MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

sexta-feira, 31 de julho de 2009

PRÓXIMO PASSO!

Depois que consegui levantar da cama, comer e parar de passar mal, comecei a me preocupar com muitas outras coisas.
Todo mundo tinha sempre algum palpite para dar, mesmo sem ter nenhuma noção do que estava falando, já que NINGUÉM tem experiência de quadrigêmeos, a não ser que já tenha passado por isso.
Até mesmo o Dr Cunha, meu médico da vida toda, que tem mais de 40 anos de profissão, nunca tinha passado por isso e estava ainda assustado com a notícia, como os outros podiam falar tanto???
Bom, uma coisa era FATO, para segurar a criançada eu teria que ficar deitada quase que 100% do dia e fazer uma cerclagem - uma costura ao redor do colo uterino, com um ou dois pontos, feita com anestesia em um hospital, logo após o 3o mês de gestação ou por volta da 13a semana – o que me assustava um pouco. Não sabia como funcionava, mas tinha medo do que poderia acontecer. Sabia que existia um risco muito pequeno de perder os bebês, mas ainda que pequeno ele existia.
Queria ficar livre disso logo.
Com 12 semanas me internei no Hospital São Luis para fazer a cirurgia. Fui com meu pai (Cícero), minha mãe (Margarida), o Je, a Bi e minha tia Cleida. Tomei o maior chá de cadeira da Medial, que mesmo sabendo da minha condição não liberava a guia de internação, até que cansei e fiz particular mesmo, para só depois eles autorizarem.
Enfim, por volta das 23h00 entrei na sala de cirurgia, que durou – EXATOS – 7 minutos, mais a preparação e anestesia!!!! Quem me operou foi o Dr Mário Martinez, médico excelente, da equipe de obstetrícia do São Luis.
Pronto, mais uma etapa! Agora era só enfrentar a cama mesmo!



FAMOSO DR CUNHA!!!


Após uma das consultas, já recuperada da cerclagem, ao lado do médico que me colocou no mundo, e agora se prepara para receber meus quatro pequenos!