MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

RESOLVENDO A VIDA

Outro dia estava fazendo uma análise desse meu primeiro ano como “tetramãe” e cheguei à conclusão de que me saí muito bem. (modéstia a parte)
Quando estava grávida ficava louca pensando em como seriam as coisas, como eu resolveria tudo, mas percebi que nada como o dia a dia para nos ensinar a driblar qualquer situação. Confirmado que apenas vivendo para saber como é.
Resolvi o problema dos berços, das babás, do carro, do trabalho, enfim, consegui colocar ordem na minha rotina e na das crianças, hoje tudo funciona perfeitamente bem, como uma fabriquinha (ou um quartel, como costumo dizer)

Agora estamos passando para a segunda etapa: o berçário!
Faz muito tempo que questiono sobre deixar em berçário ou em casa, sobre a relação custo benefício e afins. Decidimos que o melhor para eles, e para nós, é colocá-los mesmo na escolinha.
No início do ano que vem a Cleu, uma de minhas babás, terá que ir embora, pois os filhos dela vão voltar do Piauí. Com isso, optamos mesmo pelo berçário, pois as crianças estão crescendo, aprontando e precisam mesmo conviver com novos amiguinhos.
Bom, foi aí que começou a nova empreitada. Mensalidade de 4 crianças em berçário + alimentação + matrícula + taxa de material + condução, parecia uma loucura (aliás, é uma loucura, mas é a minha realidade).
Bom, pinguei de berçário em berçário, até que encontrei um que ADOREI!
Comecei o processo de negociação de valores. E chora, chora, chora...
Conseguimos!!!!
Chegamos a um acordo final! Ufa!!!!!!!!!!!!
No ano que vem eles começam no berçário.
Tô super ansiosa para o primeiro dia de aula.