MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

terça-feira, 11 de setembro de 2012

QUASE TRÊS

Puxa, aqui acontece tanta coisa, em uma velocidade tão acelerada, que nem eu estou conseguindo acompanhar os fatos, quem dirá registrá-los no blog. Rsrs Desde o último post, as crianças cresceram muito, evoluíram demais, aprenderam muitas palavras novas e, claro, estão cada dia mais sapecas! Como estão atualmente: - O João Pedro mudou bastante! Virou um moleque mesmo, com jeito de moleque, brincadeirinhas e palavras bobas, graça sem graça e mandão! Acho que de tanto sofrer e apanhar das meninas resolveu que agora quem manda é ele, que ele é o homem da casa. Quem aguenta??? Outro dia veio com a espuma de barbear do pai, dizendo que precisava fazer a barba. Disse que era para pedir ao Je para fazer com ele. Em alguns minutos de distração minha, ele volta todo feliz, com o rosto cheio de espuma, dizendo que não precisa mais chamar o papai, pois ele já estava fazendo sozinho! Tá todo respondão e a palavra preferida dele é – NÃO!!! Tudo o que falo, peço, brigo, ele responde primeiro NÃO. A Sophia continua a mesma maluquete de sempre, porém um pouco mais esperta. Com o tempo, vai descobrindo novas travessuras e vai se especializando. Rsrsrs É agitadíssima, não consegue ficar quieta um segundo, não se concentra em desenho, filme, nem brincadeiras. A graça pra ela é derrubar os castelinhos de areia que os irmãos fazem, as casinhas de madeira, quebra-cabeça, tudo o que está sendo montado. Continua achando que é o prof. Pasquale e vive corrigindo o que os irmãos falam errado. Outro dia eles estavam cantando o Hino Nacional e o JP disse “... de um povo heroico brado retuntante!!!”. Ela não parava de repetir que não era retuntante e que ele tinha falado errado. Quando pedi para ela cantar o hino certo, quase morri de rir. “... e o sol da levedade faz espuuuma!” hahahahahah Criança tem cada uma! Linda demais! Tem dado muito trabalho para dormir, acorda mil vezes durante a noite churando, assustada. O médico acha que tem a ver com a adenoide. Já fiz os exames e estamos aguardando o diagnóstico, pra ver se opera agora ou não. A Laura melhorou muito, mas ainda continua brava, impaciente e muito chorona quando contrariada. Quando está de bom humor e boazinha, é a coisa mais meiga e fofa do mundo. A linguinha presa acabou se tornando um charminho na hora de falar. Acho a coisinha mais linda quando ela vem conversar, se enrolando toda com algumas letras por causa da língua. Como ainda não fez 4 anos, não dá pra entrar com a fono, mas sempre faço exercícios com ela, para ajudar a desenvolver melhor a fala. Ela melhorou muito, mas me preocupo com os irmãos, que estão começando a criticar a forma que ela fala. Continua gostando muito dos livros e dos brinquedos mais educativos, adora brincar sozinha e fica muito entretida com histórias. Está cada dia mais carinhosa. Vive abraçando, beijando, fazendo carinho na gente e nos irmãos, quando se machucam. Mas quando o bicho pega, sai de perto! Ela fica muito nervosa, grita sem para, não escuta ninguém, não obedece, morde e bate nos irmãos sem dó nem piedade. A Bibi é definitivamente a bonequinha perua da casa! Super espertinha e madura, conversa gesticulando, é apaixonada por sapatos, maquiagem, brincos e colares, vive querendo escolher as roupas, adora se arrumar e fazer rabos de cavalo. Assim como quando eram bebês, ela continua evoluindo mais que os outros e fazendo as coisas primeiro. Agora é a vez da natação! Já está conseguindo nadar sozinha até a borda da piscina, por baixo da água, sem se afogar. Eu, claro, fico toda babona e aliviada! Na escola, é super sociável, vive cheia de amiguinhos e já arrumou até um namoradinho, que ela adora contar que tem! Rsrsr É a mais obediente e comportada, mas quando quer fazer uma coisa ou é contrariada, não tem cristo que aguente. Chora sem parar, se joga no chão, grita, esperneia... tudo aquilo que antes de ser mãe a gente julga quando vê na rua. São quadrigêmeos com 1 min de diferença no nascimento, criados todos do mesmo jeito, na mesma casa e com as mesmas regras, mas com personalidades e gênios absolutamente diferentes, que faz cada um ser ainda mais especial individualmente!