MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

MEUS PEIXINHOS!


Estou muito feliz com a evolução das crianças na natação, não vejo a hora deles aprenderem, pelo menos, a ficar na piscina sem boia, sem ter perigo de afogamento.
Piscina é uma tentação para as crianças, principalmente nesse calor que vivemos atualmente. Os meus adoram, são super obedientes sobre ficar com a boia e no lado raso, mas ainda assim não consigo relaxar.
Desde que mudamos para São João, coloquei os 4 na aula. Em SP, já havia colocado o João Pedro, por recomendação médica. Como ainda eram pequenos e eu tinha que entrar na água junto, não tinha mesmo como colocar todos, então priorizei a bronquite dele.
Aqui, já maiores e com outro método, pude matricular a turma toda, que desde o primeiro dia faz a aula sem boia, com a ajuda de 3 professoras na piscina.
Aos poucos foram se soltando para mergulhar, pular e, até mesmo, arriscar nadar sozinhos, como a Bibi e a Laura, por exemplo.
O JP e a Sophia, que estavam indo super bem, deram uma regredida e não querem mais pular em pé e nem soltar da mão da professora, em compensação a Bibi e a Laura, estão parecendo peixinhos.
Pulam, mergulham, pegam os brinquedos no fundo da piscina...
Fiz um vídeo na última aula para mostrar como estão.
Confiram que coisa mais linda os meus peixinhos!

video


quinta-feira, 13 de setembro de 2012

CONSULTA DOS 3 ANOS


Hoje foi dia de pediatra e, como sempre, esses dias são quase um evento aqui em casa.
Já sabia que seria uma consulta longa, pois era a primeira vez que iríamos na médica, então, estava preparada para uma pequena bagunça da turminha por causa do longo período que ficaríamos lá.
Quando chegamos, foi um sossego. O consultório tinha uma área externa enorme com gramado, brinquedos, casinha e até um viveiro cheio de pássaros coloridos. Fiquei aliviada, mas sabia que a “paz” não duraria por tanto tempo, pois logo iria enjoar da novidade e começaria a bagunça.
Como a médica ainda não conhecia as crianças e nem o histórico deles, primeiro entrei sozinha na sala (deixei as crianças lá fora com a babá e a secretária do consultório) para falar sobre tudo, desde o nascimento, para então começarem as consultas.
Depois que mais de meia hora de papo, comecei a levar um de cada vez para ela avaliar.
Felizmente estão todos perfeitos, dentro do peso e altura esperados para a idade, com alimentação correta, dentes, ouvido, tudo. Fiquei muito contente com os resultados e os elogios que recebi, principalmente sobre a educação deles e a alimentação.
A única novidade foi que ela pediu que eu também levasse a Laura no otorrino para ver a adenoide que, segundo a médica, pode ser até maior que a da Sophia.
Que coisa! Nunca achei que ela também tivesse.
Descobri algumas coisas também relacionadas ao comportamento – agitação e mudança de humor estão muitas vezes ligadas ao bebê prematuro, que ficou por um período na UTI. Fiquei preocupada com isso, pois se tem a ver com a prematuridade e a UTI, fica mais complicado de resolver com educação. (ai meu Deus!)
Amanhã vou começar uma terapia para me auxiliar na criação deles, quem sabe ela consegue me ajudar de alguma forma a controlar isso. TOMARA!!
Pedi exame geral de todos, vermífugo e só!
Tenho certeza que vai estar tudo bem, mas assim como fazemos um check up, também acho importante que as crianças façam uma vez por ano.
Vamos aos pesos e alturas – (2 anos e 11 meses)

JOÃO PEDRO – 16 KG / 97cm
SOPHIA – 15 KG / 99cm
LAURA – 15,5 KG / 96cm
BEATRIZ – 12 KG / 93cm

Como sempre foi, a Sophia continua maior, o João Pedro mais pesado e a Bibi menorzinha, com uma diferença de 6 cm para a Sophia.
A semana que vem faremos todos os exames, para aí marcar um retorno. Depois conto os resultados.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

O ARRAIA DO QUARTETO!!!

EU SEI QUE JA ESTAMOS QUASE NO NATAL E QUE EU JA POSTEI FOTOS DA FESTA JUNINA, MAS EU ACHEI TAO FOFAS QUE FIZ UM ALBUM.
Click to play this Smilebox scrapbook
Create your own scrapbook - Powered by Smilebox
Customize your own free digital scrapbooking design

terça-feira, 11 de setembro de 2012

QUASE TRÊS

Puxa, aqui acontece tanta coisa, em uma velocidade tão acelerada, que nem eu estou conseguindo acompanhar os fatos, quem dirá registrá-los no blog. Rsrs Desde o último post, as crianças cresceram muito, evoluíram demais, aprenderam muitas palavras novas e, claro, estão cada dia mais sapecas! Como estão atualmente: - O João Pedro mudou bastante! Virou um moleque mesmo, com jeito de moleque, brincadeirinhas e palavras bobas, graça sem graça e mandão! Acho que de tanto sofrer e apanhar das meninas resolveu que agora quem manda é ele, que ele é o homem da casa. Quem aguenta??? Outro dia veio com a espuma de barbear do pai, dizendo que precisava fazer a barba. Disse que era para pedir ao Je para fazer com ele. Em alguns minutos de distração minha, ele volta todo feliz, com o rosto cheio de espuma, dizendo que não precisa mais chamar o papai, pois ele já estava fazendo sozinho! Tá todo respondão e a palavra preferida dele é – NÃO!!! Tudo o que falo, peço, brigo, ele responde primeiro NÃO. A Sophia continua a mesma maluquete de sempre, porém um pouco mais esperta. Com o tempo, vai descobrindo novas travessuras e vai se especializando. Rsrsrs É agitadíssima, não consegue ficar quieta um segundo, não se concentra em desenho, filme, nem brincadeiras. A graça pra ela é derrubar os castelinhos de areia que os irmãos fazem, as casinhas de madeira, quebra-cabeça, tudo o que está sendo montado. Continua achando que é o prof. Pasquale e vive corrigindo o que os irmãos falam errado. Outro dia eles estavam cantando o Hino Nacional e o JP disse “... de um povo heroico brado retuntante!!!”. Ela não parava de repetir que não era retuntante e que ele tinha falado errado. Quando pedi para ela cantar o hino certo, quase morri de rir. “... e o sol da levedade faz espuuuma!” hahahahahah Criança tem cada uma! Linda demais! Tem dado muito trabalho para dormir, acorda mil vezes durante a noite churando, assustada. O médico acha que tem a ver com a adenoide. Já fiz os exames e estamos aguardando o diagnóstico, pra ver se opera agora ou não. A Laura melhorou muito, mas ainda continua brava, impaciente e muito chorona quando contrariada. Quando está de bom humor e boazinha, é a coisa mais meiga e fofa do mundo. A linguinha presa acabou se tornando um charminho na hora de falar. Acho a coisinha mais linda quando ela vem conversar, se enrolando toda com algumas letras por causa da língua. Como ainda não fez 4 anos, não dá pra entrar com a fono, mas sempre faço exercícios com ela, para ajudar a desenvolver melhor a fala. Ela melhorou muito, mas me preocupo com os irmãos, que estão começando a criticar a forma que ela fala. Continua gostando muito dos livros e dos brinquedos mais educativos, adora brincar sozinha e fica muito entretida com histórias. Está cada dia mais carinhosa. Vive abraçando, beijando, fazendo carinho na gente e nos irmãos, quando se machucam. Mas quando o bicho pega, sai de perto! Ela fica muito nervosa, grita sem para, não escuta ninguém, não obedece, morde e bate nos irmãos sem dó nem piedade. A Bibi é definitivamente a bonequinha perua da casa! Super espertinha e madura, conversa gesticulando, é apaixonada por sapatos, maquiagem, brincos e colares, vive querendo escolher as roupas, adora se arrumar e fazer rabos de cavalo. Assim como quando eram bebês, ela continua evoluindo mais que os outros e fazendo as coisas primeiro. Agora é a vez da natação! Já está conseguindo nadar sozinha até a borda da piscina, por baixo da água, sem se afogar. Eu, claro, fico toda babona e aliviada! Na escola, é super sociável, vive cheia de amiguinhos e já arrumou até um namoradinho, que ela adora contar que tem! Rsrsr É a mais obediente e comportada, mas quando quer fazer uma coisa ou é contrariada, não tem cristo que aguente. Chora sem parar, se joga no chão, grita, esperneia... tudo aquilo que antes de ser mãe a gente julga quando vê na rua. São quadrigêmeos com 1 min de diferença no nascimento, criados todos do mesmo jeito, na mesma casa e com as mesmas regras, mas com personalidades e gênios absolutamente diferentes, que faz cada um ser ainda mais especial individualmente!