MINHA VIDA

MINHA VIDA
NOSSO MONTINHO PERFEITO

NOS ACOMPANHE!!!

Quantos passaram por aqui

quarta-feira, 28 de julho de 2010

MAIS UM DA SÉRIE - FIM DE SEMANA PERFEITO!

O tempo cooperou e pudemos curtir um fim de semana perfeito com a criançada! Nos divertimos demais, brincamos muito, aproveitamos todos os minutos, foi incrível.
No sábado ficamos fazendo uma farra em casa, aí resolvi dar banho nos 4 na banheira. Enchi a banheira, entrei, coloquei a cadeirinha de banho e fui pegando um de cada vez. Uma logística bem (ou quase!) organizada.
Tirei a roupa do João Pedro, entrei na banheira, minha mãe me deu ele e eu gritada – João Pedro pronto! Minha mãe pegava e ia trocando, enquanto a Kelly (babá folguista) tirava a roupa do próximo e me dava.
Foi muito gostoso! As crianças adoraram! Coloquei um monte de brinquedinho na água, eles nem queriam sair.
Em seguida, produzimos os 4 beeeem lindos e fomos almoçar na hípica.
Acho um ótimo programa para fazer com crianças. É grande, aberto, ninguém reclama de choros e afins, além de ter cavalos, parquinhos, gatos...
Tia Bi levou os 4 no parquinho, colocou na cama elástica, no balanço, escorregador, na areia... Dei batatinha frita, se esbaldaram.
No domingo, um dia liiiiiiiindo, ficamos em casa mesmo.
Deixei os 3 à vontade, engatinhando na grama, pegando terra, sujando o pé. Estavam 4 porquinhos, mas felizes demais!
Tivemos até que lavar o pé da Beatriz na mangueira, que não preciso nem dizer que adorou né?
Resumindo, foi um fim de semana perfeito!
Nas duas noites eles capotaram, estavam exaustos!

OS 4 NA CAMA ELÁSTICA! - JOÃO PEDRO, LAURA, SOPHIA E BEATRIZ

NOSSA PRIMEIRA BATATINHA! HUUUMMMMM

TIA BI COM SOPHIA E LAURA NO BALANÇO

JOÃO PEDRO NO CAVALINHO, COMO A MAMÃE FAZIA QUANDO ERA PEQUENA

SOPHIA FELIZ DA VIDA NO ESCORREGADOR

MAMÃE E LAURA

MAMÃE E BEATRIZ

SOPHIA ARRANCANDO A ORELHA DO BARTHÔ

BEATRIZ ENCANTADA COM A MANGUEIRA APÓS LAVAR O PÉ

sexta-feira, 23 de julho de 2010

DIA DE MÉDICO

Na terça-feira, aproveitei mais uma folga e levei as crianças ao oftalmo. Essa foi a 4ª consulta deles. Como são prematuros e ficaram na incubadora, é necessário fazer um acompanhamento periódico, pois o oxigênio que recebem pode prejudicar a vista.
Ainda bem que estava tudo ótimo e que fomos meio liberados das consultas, agora só daqui a 6 meses.
Mamãe também aproveitou para se consultar só assim mesmo! Daqui a pouco vou passar no pediatra também, é mais fácil! Rsrsrs
Tinha consulta marcada há mais de um mês, exatamente no dia do médico, o carro resolveu não funcionar – CLARO!
Não foi um problema, ao contrário, foi bem divertido. O médico era perto de casa, estava uma tarde agradável, nós resolvemos ir a pé mesmo com os 4. Eu, a Kátia, a Cleu e os pequenos. Eles se comportaram incrivelmente bem!
Como recompensa, passamos na padaria para um lanchinho. As crianças comeram o primeiro pão de queijo, e como não são bobos, ADORARAM!
Depois demos uma voltinha no Mercado Municipal (perto de casa) e fomos para casa.
Chegamos correndo, já na hora do jantar.
Foi um dia divertido, eles gostam de passear, prestam atenção em tudo.
A única coisa foi que eu, muito desligada e correndo para não perder a hora da consulta, esqueci a máquina e não registrei nada disso...
Prometo não falhar nos próximos

quinta-feira, 22 de julho de 2010

EXCLUÍDO

Meninas que comentaram o post anterior, achei melhor excluir mesmo. Concordo com vocês que o blog deve ser falso.
Fiquei muito arrasada com a notícia, nem desconfiei que poderia ser mentira, pois não me passou na cabeça que uma pessoa iria criar uma história assim, tão sem necessidade.
Espero que Deus ajude essa pessoa a encontrar um caminho!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

ENCONTRO

Para a minha surpresa, e acredito que para todas as outras, depois que tive quadrigêmeos, tenho encontrado muitas "mães quádruplas" também na internet, que também compartilham suas experiências em blogs.
Fiquei muito feliz em encontrá-las, adoro chegar e acessar cada blog, entendo as dúvidas, as alegrias, dificuldades, números, enfim, só nós conseguimos viver a realidade.
Quando contamos para outras pessoas, mães ou não, elas sempre se assustam, fazem algum comentário, mas não são capazes de entender o que significa mesmo ter quadrigêmeos.
Somos guerreiras privilegiadas!
Por esse motivo, gostaria de propor que tentássemos um encontro (pelo menos as que moram aqui em São Paulo) só de mães.
Poderíamos tentar um almoço, coisa rápida, sem crianças, para nos conhecermos pessoalmente, darmos dicas e risadas.
O que acham?
Quem pode e quer sugerir alguma data e local?

quinta-feira, 15 de julho de 2010

ANTES E DEPOIS

Hoje estava em um momento nostalgia, organizando todas as fotos das crianças, desde que nasceram.
Meu Deus, quando vi as fotos da UTI não acreditei que eles eram mesmo tão pequeninos.
Parece que foi ontem, mas acho que a gente esquece o tamanho real que eles nascem. Às vezes vejo bebezinhos na rua e não me conformo como podem ser tão pequenininhos, aí me lembro que os meus nasceram duas vezes menores.
Bom, nessa arrumação, encontrei uma foto parecida com a que tirei esses dias, aí resolvi postar para vocês acompanharem um antes e depois do quarteto.

PELA ORDEM: LAURA, SOPHIA, BEATRIZ E JOÃO PEDRO

EM OUTRA POSIÇÃO, JÁ QUE NAQUELA NÃO CABE MAIS:BEATRIZ, JOÃO PEDRO, LAURA E SOPHIA

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Quanto mais eles crescem, mais gostoso fica o dia a dia. Eles se descobrem, interagem entre eles, brincam sozinhos, brincam em turma, brigam pelos brinquedos.
É muito interessante sentar e ficar observando cada coisa.
Eles evoluem muito rápido. Um dia faz diferença nessa fase.
A Beatriz e a Laura, por exemplo, já ficam em pé no berço. A gente morre de rir com as duas, que parecem presidiárias balançando a grade do berço e gritando.
A Beatriz fica rindo, achando engraçado, já a Laura, faz drama, cara de sofrimento, choro de desespero...
Parece que uma chama a outra.
Às vezes as coloco juntas mesmo, assim diminui a gritaria. Elas ADORAM.
O João Pedro e a Sophia ficam muito na deles. Gostam de pegar algum brinquedo e ficar no canto, brincando numa boa. Até que algumas das duas – da dupla dinâmica – se aproxime! Rsrsr
Mas sempre tem o momento quadrigêmeos, que eles se juntam e ficam – impressionantemente – quietinhos.
Normalmente é quando tem comida envolvida!

A DUPLINHA DINÂMICA - -BEATRIZ E LAURA - EM MOMENTO REBELIÃO NO BERÇO!

LAURA ESTREANDO NA LEITURA, COM O LIVRO DE PONTA CABEÇA

LAURA ESCOLHENDO UM BRINQUEDO. AO FUNDO, BEATRIZ ADMIRA JOÃO PEDRO BRINCANDO

MAMADA QUÁDRUPLA! INDEPENDENTES, JÁ MAMAM SOZINHOS.

DIA DE DOMINGO

Como já disse em outro post, o fim de semana é a melhor coisa! Curto os meus filhos demais, proveito para brincar, cuidar um pouquinho, dar mamadeira, papinha.
Quando faz tempo bom então, é uma farra.
Esse fim de semana colocamos os pequenos na grama.
Primeiro coloquei a Laura e a Beatriz direto, elas adoraram. Foi o primeiro contato delas direto com a grama.
A Beatriz não pensou duas vezes e já encheu a mão de folha, colocou uma na boca e começou a mastigar, como se fosse o manjar dos Deuses. Consegui tirar, com muito custo.
Distraídos, não vimos que a Laura também se interessou pelo saboroso petisco e estava degustando uma deliciosa plantinha. Tiramos uma da boca e a que ela tinha guardado na mão para mais tarde, porém, esperta que é já havia engolido a primeira rapidamente. Mas como dizem, é vitamina S (de sujeira).
Com a boa aceitação da duplinha, no domingo ensolarado, resolvemos colocar os 4 para brincar no gramado, mas dessa vez com um pano por baixo, pois eram muitos para vigiarmos nas plantas.
Eles adoraram, mas tivemos que tirar logo, pois parecia que não, mas o sol estava quente!
Vejam que lindos!

segunda-feira, 5 de julho de 2010

FIM DE SEMANA

O fim de semana atualmente tem outro sentido. Durmo cedo na sexta, acordo cedo no sábado para curtir bastante a minha turminha.
É uma grande farra!
Logo cedo (07h30) eles já estão na sala, no tatame que montamos cheio de brinquedos.
Fico lá com eles brincando, cantando beijando muitooooooo, deitada no chão, entrando mesmo na bagunça.
Agora eles começaram as brincar, também, no andador, que ganharam de presente da tia Ná. Com os dias mais quentes, estamos ficando com eles na varanda, aí é uma delícia.
O João Pedro é o rei do andador. Sai pelo jardim todo feliz.
As meninas ficam mais no chão. A Laura e a Beatriz já engatinhando, a Sophia ainda reclamando para pegar um brinquedo, já que não sai do lugar. Preguiçoooooosa!
No domingo sempre vou à missa, aí às vezes levo um filho comigo. Já levei os 4 de uma vez, mas não acho que seja o melhor lugar!
O escolhido para o passeio também vai à padaria tomar café com a mamãe e a vovó.
Vejam algumas fotos.
Não tem da Beatriz porque estava sem aqui no trabalho, mas tem um vídeo que vou tentar postar mais tarde.

LAURA DOIDA PARA PEGAR O CACHORRÃO!

SOPHIA LINDA NA PADARIA COM A VOVÓ

MEU MENINO (JOÃO PEDRO) LINDO NO DOMINGO

AMA ESSE ANDADOR QUE GANHOU DA TIA NÁ

A VIDA COM BABÁS

Tem um assunto que me preocupou muito durante a gravidez e que me deixou, praticamente, noites em claro depois que as crianças nasceram: BABÁS!
Enquanto estava grávida, ficava pensando como seria a melhor solução, quantas babás, como, quanto pagar??? Muitas dúvidas que só consegui resolver mesmo na prática, mas que acho bom dividir no blog, para quem estiver começando esse processo.
Comentei hoje sobre isso no blog Bebês 4 X 4: A Aventura de Quadrigêmeos, da Carla, que acabou de ter quadrigêmeos (estão ainda na UTI) e está com essa dúvida.
Quem acompanha meu blog desde o início pôde ver um pouco dessa história de babá.
É difícil, pois ninguém nunca vai cuidar dos nossos filhos como nós. Também tem o fator ciúme, que precisamos administrar no começo, quando o bebê se joga no colo da babá e não no da mãe, mas tudo isso passa.
Finalmente consegui acertar uma fórmula.
Hoje estou com 2 babás que trabalham durante a semana - a Cleu e a Cátia - e 2 folguistas para todos os finais de semana - A Kelly e a Irã. Dessa forma, elas descansam e se divertem um pouco no fim de semana e voltam renovadas!
É difícil, pois além de serem muitas funcionárias envolvidas e precisarmos ter a sorte de todas se darem bem (senão vira um inferno), é um gasto muito alto também. Mas se der para apertar um pouco mais o orçamento, foi a melhor solução que encontrei.
Fica a dica!